Instituto Superior Técnico

Observatório de Boas Práticas do IST

Elegibilidade e submissão

Critérios de elegibilidade

A sistematização e avaliação das propostas de Boas Práticas será feita por um painel de avaliadores que validará projetos/experiências com base nos seguintes critérios:

  • Solução de problema/melhoria de processo: relevância da iniciativa/experiência para um processo de melhora contínua;
  • Resultados obtidos: eficácia relativamente aos objetivos esperados, eficiência em relação aos recursos empregues, eficácia em relação à contribuição para a solução do problema ou para a melhoria de um processo existente.
  • Carácter inovador: repercussão da boa prática na aprendizagem sobre novas formas e novos estilos de trabalho na própria instituição.
  • Sustentabilidade: possibilidade de manutenção da boa prática no interior da instituição.
  • Replicabilidade: potencial de transferência do processo, ou parte dele (princípios, ferramentas, metodologias, etc…), para outros serviços, após um exercício de flexibilidade e adaptabilidade dentro do universo IST.

Submissão

Podem ser apresentadas, em formulário próprio, iniciativas ou experiências cuja implementação esteja finalizada ou que se encontre em processo de execução, desde que respeitem os seguintes requisitos:

  • os resultados da Boa Prática, ainda que parciais, devem ser identificados claramente, para se poder afirmar que se trata de uma iniciativa/experiência de sucesso;
  • deve referir‐se a uma iniciativa/experiência atual;
  • a prática selecionada deve estar relacionada com as áreas temáticas definidas.