Instituto Superior Técnico

Observatório de Boas Práticas do IST

Elegibilidade e submissão

Critérios de elegibilidade

A sistematização e avaliação das propostas de Boas Práticas será feita por um painel de avaliadores que validará projetos/experiências com base nos seguintes critérios:

  • Solução de problema/melhoria de processo: relevância da iniciativa/experiência para um processo de melhora contínua;
  • Resultados obtidos: eficácia relativamente aos objetivos esperados, eficiência em relação aos recursos empregues, eficácia em relação à contribuição para a solução do problema ou para a melhoria de um processo existente.
  • Carácter inovador: repercussão da boa prática na aprendizagem sobre novas formas e novos estilos de trabalho na própria instituição.
  • Sustentabilidade: possibilidade de manutenção da boa prática no interior da instituição.
  • Replicabilidade: potencial de transferência do processo, ou parte dele (princípios, ferramentas, metodologias, etc…), para outros serviços, após um exercício de flexibilidade e adaptabilidade dentro do universo IST.

Submissão

Podem ser apresentadas*, em formulário próprio (pdf, word) iniciativas ou experiências cuja implementação esteja finalizada ou que se encontre em processo de execução, desde que respeitem os seguintes requisitos:

  • os resultados da Boa Prática, ainda que parciais, devem ser identificados claramente, para se poder afirmar que se trata de uma iniciativa/experiência de sucesso;
  • deve referir‐se a uma iniciativa/experiência atual;
  • a prática selecionada deve estar relacionada com as áreas temáticas definidas.

 

* Para apresentar propostas de Boas Práticas deve ser enviado este formulário próprio (pdfword) preenchido para o Email: observist@tecnico.ulisboa.pt